Noticias - APRENDER A DISCERNIR OS TEMPOS | Comunidade Batista do Balneário Templo da Graça


Compartilhe:
 

      Espiritual   •  Matérias

APRENDER A DISCERNIR OS TEMPOS


APRENDER A DISCERNIR OS TEMPOS

03 – APRENDER A DISCERNIR OS TEMPOS – Por: Natanael Rodrigues – servo de Jesus Cristo e vosso.

Estamos ministrando uma série de mensagens intitulada Reagir ou Aceitar. Temos aprendido sobre posicionamentos interiores que se materializam em atitudes de fé tais como: Antecipação em fé e Reações corretas diante das perdas.

Hoje teremos a oportunidade de avançar um pouco mais dentro da nossa temática Reagir ou Aceitar estudando o tema: Aprender a discernir o tempo das coisas, suas implicações e oportunidades, logo aproveitar cada momento para uma reação em fé rumo a algum aproveitamento.

Discernir um tempo é um processo de análise, identificação de fases, situações e probabilidades temporárias que nos permita saber em que estado estamos, se no inicio, meio ou fim, só assim tomaremos as atitudes corretas.

Ecl.7. 8 - O fim das coisas é melhor que o seu início,...

Nosso verso base aponta para a visualização do fim de um tempo/ciclo trazendo consigo a recompensa ou mesmo a colheita de tudo que fizemos ou deixamos de fazer pela falta de discernimento do tempo vivido.

Salomão quando afirma que o fim é melhor que o inicio significa dizer que discerniu bem os tempos e soube viver cada momento.

Ecl.3.1 - Para tudo há uma ocasião certa; há um tempo certo para cada propósito debaixo do céu:

No verso fica claro que tudo está determinado nos planos de Deus, pois nada foge do seu propósito eterno, o que está em nossas mãos é como viver cada tempo usufruindo ou produzindo dentro dele.

Ecl.3.11 - Ele fez tudo apropriado ao seu tempo. Também pôs no coração do homem o anseio pela eternidade; mesmo assim ele não consegue compreender inteiramente o que Deus fez.

Deus fez tudo com um propósito e limite no que se refere a tempo, fases, anos, etc.

O que podemos fazer diante da verdade dos tempos determinados por Deus?

Para cada tempo existe uma ação inteligente que pode nos levar ao crescimento, sucesso, visão, futuro, vida cristã de qualidade, etc.

Vamos pensar um pouco nisso a partir dos versos 1-8 de Eclesiastes 3.

Vs.2 - Tempo de nascer e tempo de morrer,...

Tempo de nascer e morrer – nascer é uma oportunidade de viver, morrer uma oportunidade de encontro com o Senhor.

O que importa aqui não é necessariamente o nascer/inicio mais o morrer/fim, pois ele será a coroação de tudo que fizemos em nosso tempo de vida.

Consegue observar que os tempos estão definidos, mas sua vivencia e resultados é uma oportunidade dada a nós?

Por isso o salmista vai dizer em Sl.90.12 - Ensina-nos a contar os nossos dias para que o nosso coração alcance sabedoria.

Aprender a viver, discernir os tempos e espaços da vida é o que está sendo proposto aqui.

Muitos dizem deixa a vida me levar, que ignorância, sua vida vai ser um fracasso.

Vs.2 - ... tempo de plantar e tempo de arrancar o que se plantou,

Basta uma observação para entender arrancar sugere colher o que plantou, não apenas uma capina de mato.

Arrancar é um premio não uma perda para aquele que soube discernir o tempo de plantar, entende isso?

Vs.3 - tempo de matar e tempo de curar,

Todos os animais foram nos dado para alimento, mas sabemos que para ter uma carne de qualidade precisamos cuidar, alimentar, curar, etc.

Consegue entender que matar aqui é usufruir de atitudes corretas no processo de criação?

Todos os demais versos de 3-8 vai sugerir a mesma coisa, discernir o tempo, ter reações corretas e experimentar colheitas compatíveis.

O que estamos aprendendo aqui hoje é: nosso discernir dos tempos deve nos levar a reações corretas e produtivas que vão determinar o que levaremos de cada um deles.

At.1.7 - Ele lhes respondeu: “Não compete a vocês saber os tempos ou as datas que o Pai estabeleceu pela sua própria autoridade.

Se não nos compete saber os tempos resta-nos discerni-los e reagirmos a cada um de forma proveitosa.

Ef.5. 15-17 – 15/Tenham cuidado com a maneira como vocês vivem; que não seja como insensatos, mas como sábios, 16/aproveitando ao máximo cada oportunidade, porque os dias são maus. 17/Portanto, não sejam insensatos, mas procurem compreender qual é a vontade do Senhor.

Paulo sugere cuidado com a maneira que vivemos e que devemos ser sábios em toda a nossa maneira de viver procurando compreender qual é a vontade do Senhor, isto é, discernindo os tempos.

Pv.16.9 - Em seu coração o homem planeja o seu caminho, mas o Senhor determina os seus passos.

Precisamos discernir os tempos e avaliar o que estamos fazendo com a maior riqueza que recebemos de Deus, o direito de escolha (livre arbítrio).

Jo.17.4 - Eu te glorifiquei na terra, completando a obra que me deste para fazer.

Jesus soube discernir os tempos, uma prova disso que soube viver sua infância e juventude sendo carpinteiro ao lado de José e apenas aos trinta anos procurou João Batista para ser Batizado e ai sim cumprir seu ministério como o Cristo vindo de Deus.

II Co.5.15 - E ele morreu por todos para que aqueles que vivem já não vivam mais para si mesmos, mas para aquele que por eles morreu e ressuscitou.

Jesus morreu a seu tempo para nesse tempo que se chama hoje pudéssemos viver para Ele e por Ele tendo a garantia de vida abundante.

ENIFM:

Em cada momento de nossas vidas temos a oportunidade por meio do discernimento (compreensão, clareza no espírito)  de reações a eles e de desfrutar de tudo o que esse tempo pode nos proporcionar, logo não é tempo de ficar parado, assistindo, aceitando tudo como vontade de Deus, faça a sua parte.




Voltar




Contagem - MG - Tel. : (031) 3354-6794
cbbtg@hotmail.com



Copyright Grupo Alphanet Hosting @ 2019



  • Facebook
  • Twitter
  • Google +
  • Youtube