Noticias - CURA DAS PRISÕES SOCIAIS | Comunidade Batista do Balneário Templo da Graça


Compartilhe:
 

      Espiritual   •  Matérias

CURA DAS PRISÕES SOCIAIS


CURA DAS PRISÕES SOCIAIS

CURA DAS PRISÕES SOCIAIS

Por: Ap. Natanael Rodrigues

 

TEXTO BASE:

- Mc.5.25-34 - 25 E estava ali certa mulher que havia doze anos vinha sofrendo de uma hemorragia.26 Ela padecera muito sob o cuidado de vários médicos e gastara tudo o que tinha, mas, em vez de melhorar, piorava.27 Quando ouviu falar de Jesus, chegou-se por trás dele, no meio da multidão, e tocou em seu manto,28 porque pensava: "Se eu tão-somente tocar em seu manto, ficarei curada".29 Imediatamente cessou sua hemorragia e ela sentiu em seu corpo que estava livre do seu sofrimento.30 No mesmo instante, Jesus percebeu que dele havia saído poder, virou-se para a multidão e perguntou: "Quem tocou em meu manto? "31 Responderam os seus discípulos: "Vês a multidão aglomerada ao teu redor e ainda perguntas: ‘Quem tocou em mim? ’ "32 Mas Jesus continuou olhando ao seu redor para ver quem tinha feito aquilo.33 Então a mulher, sabendo o que lhe tinha acontecido, aproximou-se, prostrou-se aos seus pés e, tremendo de medo, contou-lhe toda a verdade.34 Então ele lhe disse: "Filha, a sua fé a curou! Vá em paz e fique livre do seu sofrimento".

 

Vivemos no mundo das aparências onde somos medidos pelo que temos e se temos somos; se não temos nada somos. Infelizmente esse mal tem estado dentro das igrejas, por meio de conceitos religiosos, por eles somos julgados, punidos, incluídos ou excluídos como se a religião estivesse acima do sacrifício de Jesus na cruz do calvário. Quantas pessoas doentes dentro das igrejas e porque não dizer fora dela por terem sidos excluídos pela religiosidade ou sistema religioso e social.

 

No texto em estudo temos uma referencia muito específica dessa realidade, uma mulher doente, mas considerada pecadora, impura e por assim ser excluída pela sociedade e profundamente marcada nas suas emoções vivendo um processo de depressão profunda resultante de situações agravante tais como: PROBLEMAS SOCIAS, COM O TEMPO DO SOFRIMENTO, COM A INEFICIENCIA DA MEDICINA, FÍSICOS,  ECONOMICOS E RELIGIOSOS, VEJA:

 

1/ PROBLEMAS SOCIAS

- 25 E estava ali certa mulher que havia doze anos vinha sofrendo de uma hemorragia.

- Ela era distinguida dentre outras como a mulher do problema hemorrágico, a impura, uma doença quase contagiosa para os ignorantes sobre o assunto, por isso deveria estar afastada de todos, excluída da sociedade, sem vida social, logo sem vida relacional religiosa.

 

2/ PROBLEMAS COM O TEMPO DE SOFRIMENTO

- 25 E estava ali certa mulher que havia doze anos vinha sofrendo de uma hemorragia.

- 12 anos não são 12 dias ou meses, são basicamente 4380 dias de sofrimento.

- Não conheço muitas pessoas que lidam com problemas tão demorados e não fiquem marcados ou presos emocionalmente.

 

3/ PROBLEMAS FÍSICOS,

- 25 E estava ali certa mulher que havia doze anos vinha sofrendo de uma hemorragia.

- 12 anos com hemorragia lhe impôs problemas como anemia, infecções uterinas, possivelmente urinárias e outros problemas mais como: problemas de pele, sangue, circulação, fraqueza nas pernas, etc.

 

4/ PROBLEMAS COM A INEFICIENCIA DA MEDICINA  

- 26 Ela padecera muito sob o cuidado de vários médicos e gastara tudo o que tinha, mas, em vez de melhorar, piorava.

- Diante de situações de enfermidade olhamos para os médicos como parte de nossa esperança, logo estudaram durante quase 10 anos para identificar as possíveis causas dos males físicos.

- Neste caso os cuidados dos médicos só lhe traziam pioras, talvez pela medicina jovem (sem muita maturidade ou profundidade nos conhecimentos) que praticavam na época, mas de nada lhe valeram os médicos.

 

5/ PROBLEMAS ECONOMICOS

- 26 Ela padecera muito sob o cuidado de vários médicos e gastara tudo o que tinha, mas, em vez de melhorar, piorava.

- Tudo o que tivera foram gastos, logo não tinha mais recursos e nem saída, não tinha mais como pagar os tratamentos ineficazes.

- Problemas econômicos são elementos importantes para agravar situações de prisões emocionais.

- Para muitos, o dinheiro é um deus material, aquele que pode trazer soluções para os problemas. Infelizmente um engano do coração.

 

6/ PROBLEMAS RELIGIOSOS

- 33 Então a mulher, sabendo o que lhe tinha acontecido, aproximou-se, prostrou-se aos seus pés e, tremendo de medo, contou-lhe toda a verdade.

- Porque estava tremento de medo de contar toda a verdade? Exatamente pelo medo de ser punida, apedrejada ou excluída da comunhão religiosa.

- Lv.15.25 - "Quando uma mulher tiver um fluxo de sangue por muitos dias fora da sua menstruação normal, ou um fluxo que continue além desse período, ela ficará impura enquanto durar o corrimento, como nos dias da sua menstruação.

 

PASSOS PARA EXPERIMENTAR O PROCESSO DE CURA DAS PRISÕES SOCIAIS:

 

1/ POR MEIO DA FÉ

- 27 Quando ouviu falar de Jesus,...

- Rm.10.17 

- A fé vem pelo ouvir... a palavra, pela palavra, sobre a palavra e sobre Jesus, a palavra revelada.

- Sem fé nada nos será possível em Deus.

 

2/ PELA RENOVAÇÃO DA MENTE

- 28 porque pensava: "Se eu tão-somente tocar em seu manto, ficarei curada".

- Enquanto confiou nos médicos ia de mal a pior;

- Enquanto pensava negativamente sobre si e sobre o problema, foi de mal a pior;

- Foi necessário pensar diferente, pensar com esperança, com fé, com expectativa, positivamente, ai começou as mudanças.

- SOMOS O QUE PENSAMOS SER: - Pv.23.7a - Porque, como imaginou no seu coração, assim é ele.

 

3/ PELO PODER DA DECISÃO

- 27 Quando ouviu falar de Jesus, chegou-se por trás dele, no meio da multidão, e tocou em seu manto,

- “A decisão nos leva a atitude e a atitude a conquista.”

- Dizer que tem fé, que pensa corretamente mais não tomar decisões pratica é uma incoerência.

- Aprendemos com essa mulher que após receber fé, mudou sua forma de pensar e levantou rumo a sua cura.

- Jó.22.28 - Determinarás tu algum negócio, e ser-te-á firme, e a luz brilhará em teus caminhos. 

- Levante-se hoje e tome posse do seu milagre, amem?

 

EXPERIMENTAMOS CURA PLENA SÓ POR MEIO DE JESUS:

- 34 E ele lhe disse: Filha, a tua fé te salvou; vai em paz, e sê curada deste teu mal. ACR

- ELE DISSE: “TUA FÉ TE SALVOU” – Salvou aqui é (sozo) do grego – sig.cura do corpo, alma e espírito

- JESUS LHE CHAMOU DE “FILHA” – estado honroso – lembre-se que era identificada como certa mulher (a que tinha problema hemorrágico) – (cura espiritual – filha de Deus)

- ELE DISSE: ‘VÁ EM PAZ -  (cura interior)

- ELE DISSE: FIQUE LIVRE DO SEU SOFRIMENTO"   –  (cura do corpo)

 




Voltar




Tel. : (31) 3354-6794 - 992323907
secretaria.cbbtg@gmail.com



Copyright Grupo Alphanet Hosting @ 2019



  • Facebook
  • Twitter
  • Google +
  • Youtube