Noticias - NUNCA VAI FALTAR OS VENTOS. | Comunidade Batista do Balneário Templo da Graça


Compartilhe:
 

      Espiritual   •  Matérias

NUNCA VAI FALTAR OS VENTOS.


NUNCA VAI FALTAR OS VENTOS.

NUNCA VAI FALTAR OS VENTOS. Por: Natanael Rodrigues – servo de Jesus Cristo e vosso.

 

Ventos e tempestades são sempre encarados como algo ruim e que de nada servem, mas precisamos analisar cada momento e seus resultados, sejam eles positivos ou negativos.

Rm.8.28 - Sabemos que Deus age em todas as coisas para o bem daqueles que o amam, dos que foram chamados de acordo com o seu propósito.

A bem da verdade é que nada é por acaso, Deus tem seus propósitos em todas as coisas e se tratando dos seus filhos jamais lhes dá coisas ruins ou que não produzirão frutos dignos de honra.

Os ventos na Bíblia sempre tiveram resultados de edificação, discipulado e crescimento para todos aqueles que nele estiveram envolvidos.

Deus sempre inspirou o seu povo a ter reações corretas diante dos ventos (podem ser problemas, dificuldades, questões financeiras, doenças, etc.)

A expressão não temas aparece 366 vezes na Bíblia e tem seu propósito, uma palavra de encorajamento para todos os dias inclusive para o ano bissexto.

Não temas, dentre outras coisas quer dizer: não se deixe vencer pelo medo/dúvida, exercite sua fé.

Não temas ainda está muito relacionado A Foco, onde você tem colocado seus olhos, pois isso determina suas pensamentos, emoções, ações e reações.

Você sabia que onde você coloca os olhos seus pés vão, todo seu corpo vai, enfim, todas as coisas vão e passam a ser?

Vamos para alguns exemplos:

Mc.5.35,36,41,42 – 35/Enquanto Jesus ainda estava falando, chegaram algumas pessoas da casa de Jairo, o dirigente da sinagoga. “Sua filha morreu”, disseram eles. “Não precisa mais incomodar o mestre!” 36/Não fazendo caso do que eles disseram, Jesus disse ao dirigente da sinagoga: “Não tenha medo; tão somente creia”. 41/Tomou-a pela mão e lhe disse: “Talita cumi!”, que significa “menina, eu ordeno a você, levante-se!”. 42/Imediatamente a menina, que tinha doze anos de idade, levantou-se e começou a andar. Isso os deixou atônitos.

É possível ver Jesus instruindo a Jairo com relação ao foco, isto é, não fica olhando ou absorvendo a má notícia, foque-se em mim e mantenha-se firme no seu propósito.

Os ventos das más notícias, da realidade presente não pode mudar sua fé e seu propósito inicial.

Em momentos de ventanias, dificuldades, crises momentâneas não perca o foco e jamais mude seu propósito inicial.

Mude de lugar, de amizades, de práticas religiosas, mas não mude seu propósito de fé.

Mt.14.29-32 - 29/“Venha”, respondeu ele. Então Pedro saiu do barco, andou sobre as águas e foi na direção de Jesus. 30/Mas, quando reparou no vento, ficou com medo e, começando a afundar, gritou: “Senhor, salva-me!” 31/Imediatamente Jesus estendeu a mão e o segurou. E disse: “Homem de pequena fé, por que você duvidou?” 32/Quando entraram no barco, o vento cessou.

Pedro anda sobre as aguas quando o foco era Jesus e sua decisão interior de andar sobre as aguas foi mantida.

Ainda, Pedro quando desce do barco o vento soprava e batia contra o barco, mas andar sobre as águas era sua meta.

Quais são seus objetivos, no que está deixando ser influenciado e perdendo o foco?

Os ventos sempre teremos, mas também Jesus sempre teremos, mantenha-se focado.

Lc.8.22-25 - 22/ Certo dia Jesus disse aos seus discípulos: “Vamos para o outro lado do lago”. Eles entraram num barco e partiram. 23/Enquanto navegavam, ele adormeceu. Abateu-se sobre o lago um forte vendaval, de modo que o barco estava sendo inundado, e eles corriam grande perigo. 24/Os discípulos foram acordá-lo, clamando: “Mestre, Mestre, vamos morrer!” Ele se levantou e repreendeu o vento e a violência das águas; tudo se acalmou e ficou tranquilo.25/“Onde está a sua fé?”, perguntou ele aos seus discípulos. Amedrontados e admirados, eles perguntaram uns aos outros: “Quem é este que até aos ventos e às águas dá ordens, e eles lhe obedecem?”

De novo nos vemos diante de um momento onde Jesus estava presente e os ventos também.

Gosto de saber que estar com Cristo não me isenta dos ventos, mas me garante vitória sobre eles, aleluia.

Acredito ser importante insistir na ideia do foco, enquanto os discípulos estavam focados na tempestade seus esforços pareciam inúteis, mas quando se voltaram para Jesus tudo volta ao seu lugar.

Momentos de grandes ventos é momento de alinhamento de visão, despertamento de fé e discipulado/aprendizado.

No verso 25 Jesus pergunta sobre a fé, não que eles não tivessem, mas não há exerceram.

Jo.16.33 - “Eu disse essas coisas para que em mim vocês tenham paz. Neste mundo vocês terão aflições; contudo, tenham ânimo! Eu venci o mundo”.

Jesus propõe termos paz n’Ele, isto é, em quem temos colocado o foco?

Ainda afirma que os ventos/aflições sempre teremos, mas... tenham bom ânimo... vença o medo, pratique a fé.

Jesus disse: Eu venci o mundo... ele já conquistou por nós, n’Ele já temos as vitórias, agora é uma questão de fé, visão de não merecimento, mas recebido em graça, aleluia.

ENFIM:

Independente dos ventos, Jesus já conquistou nossa vitória, agora é exercitar a fé e desfrutar do favor do Senhor em todo tempo.




Voltar




Tel. : (31) 3354-6794 - 992323907
secretaria.cbbtg@gmail.com



Copyright Grupo Alphanet Hosting @ 2019



  • Facebook
  • Twitter
  • Google +
  • Youtube