Noticias - VIVER GRANDE LIBERTAÇÃO | Comunidade Batista do Balneário Templo da Graça


Compartilhe:
 

      Espiritual   •  Matérias

VIVER GRANDE LIBERTAÇÃO


VIVER GRANDE LIBERTAÇÃO

VIVER GRANDE LIBERTAÇÃO – Por. Natanael Rodrigues – servo de Jesus Cristo e vosso.

Temos aprendido que nestes dias, inclusive na nossa conferencia apostólica Liberta-me que expementar libertação total está relacionado ao conhecimento da verdade.

As escrituras já diziam em Jo.8. 32 - E conhecerão a verdade, e a verdade os libertará”.

Nos dias de Salomão e de consagração do templo Deus lhe dá instrução sobre como viver uma grande libertação, inclusive daquilo que poderia em tempo da lei ser o justiça de Deus sobre o seu povo.

Não podemos esquecer que estamos falando do tempo da lei onde nada era recebido sem haver um pagamento, um sacrificio, uma postura de obediencia a um mandamento, uma lei, uma determinação, etc.

II Cr.7.13,14 - 13/“Se eu fechar o céu para que não chova ou mandar que os gafanhotos devorem o país ou sobre o meu povo enviar uma praga, 14/se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar e orar, buscar a minha face e se afastar dos seus maus caminhos, dos céus o ouvirei, perdoarei o seu pecado e curarei a sua terra.

Segundo os versos em questão alguns detalhes se observados eram suficientes para mudar o coração de Deus e trazer grande libertação para o povo, veja:

a/ Ser povo de Deus – vs.14 - se o meu povo, …

b/ Ter confiança n’Ele - vs.14 - … que se chama pelo meu nome, …

c/ Se humilhar - vs.14 - … se humilhar …

d/ Orar - vs.14 - … e orar…

e/ Amá-lo acima de tudo - vs.14 - … buscar a minha face …

f/ Se converter - vs.14 - …e se afastar dos seus maus caminhos…

Diante dessa postura de uma justiça própria, isto é, ter feito ou cumprido uma regra e ter sido aprovado tendo assim o direito da promessa, como seria nos dias do novo testamento, onde fomos alcançados pela graça de Deus.

Cl.2. 17 - Essas coisas são sombras do que haveria de vir; a realidade, porém, encontra-se em Cristo.

Paulo está afirmado que todas as coisas do velho testamento são prototipos do que aconteceria no futuro por meio de Jeus Cristo.

Deus já tinha um plano elaborado ao nosso respeito.

Veja que os detalhes colocados por Deus a Salomão aponta para Cristo e nosso relacionamento com Ele.

a/ Se o meu povo…

Fomos feitos filhos por meio de Jesus Cristo – Jo.1.12,13 – 12/Contudo, aos que o receberam, aos que creram em seu nome, deu-lhes o direito de se tornarem filhos de Deus, 13/os quais não nasceram por descendência natural, nem pela vontade da carne nem pela vontade de algum homem, mas nasceram de Deus.

Um vez filho nos tornamos o seu povo, familia de Deus – Ef.2.19,20 – 19/Portanto, vocês já não são estrangeiros nem forasteiros, mas concidadãos dos santos e membros da família de Deus, 20/edificados sobre o fundamento dos apóstolos e dos profetas, tendo Jesus Cristo como pedra angular,

b/Que se chama pelo meu nome…

Uma vez convertidos temos a garantia do favor de Deus quando clamamos pelo nome de Jesus.

Jo.14.13,14 – 13/E eu farei o que vocês pedirem em meu nome, para que o Pai seja glorificado no Filho. 14/O que vocês pedirem em meu nome, eu farei.

Chamar pelo nome de Jesus é chamar o Pai no filho e ter o favor d’Ele, afinal eles são um.

Preste atenção, todas as coisas estão em Cristo e por meio d’Ele.

c/Se humilhar…

Se humilhar nada mais é que negar a si mesmo e aceitar a Cristo com o seu Senhor, como aquele que se sacrificou em seu lugar e isto basta.

Lc.9.23-25 – 23/Jesus dizia a todos: “Se alguém quiser acompanhar-me, negue-se a si mesmo, tome diariamente a sua cruz e siga-me. 24/Pois quem quiser salvar a sua vida a perderá; mas quem perder a sua vida por minha causa, este a salvará. 25/Pois que adianta ao homem ganhar o mundo inteiro e perder-se ou destruir a si mesmo?

Os versos sugerem abrir mão de si, se humilhar e ainda perder a sua vida (tudo o que tem ou possa ter) por causa da vida que se tem em Jesus.

Se humilhar em tempos da graça de Deus é desfrutar da vida em Cristo em detrimento de suas buscas pessoais.

d/E orar…

Nossa oração estando em Cristo é apenas um meio de comunicação com os céus, pois já temos a promessa do sim.

II Co.1.20 – 20/pois quantas forem as promessas feitas por Deus, tantas têm em Cristo o “sim”. Por isso, por meio dele, o “Amém” é pronunciado por nós para a glória de Deus.

Orar sabendo que tenho o sim deixa de ser apenas um meio de pedir, mas em grande medida para ser um tempo de conversa, relacionamento e profundidade.

Jr.33.3 - Clame a mim e eu responderei e direi a você coisas grandiosas e insondáveis que você não conhece”.

Na nossa disposição em conversar com Ele por meio da oração nos dará a oportunidade de ouvir coisas grandiosas e ate então desconhecidas a outros.

e/E buscar a minha face…

Ninguem que se sente culpado busca a face do outro, pois isso lhe traz condenação.

Estando em Cristo nos apresentamos diante de Deus com a face descoberta e desejoso por ve-lo face a face, pois nada nos condena.

II Co.3.17,18 – 17/Ora, o Senhor é o Espírito e onde está o Espírito do Senhor ali há liberdade. 18/E todos nós, que com a face descoberta contemplamos a glória do Senhor, segundo a sua imagem estamos sendo transformados com glória cada vez maior, a qual vem do Senhor, que é o Espírito.

Se temos o espírito é porque fomos justificados, pois Ele não habita em templo imundo.

Rm.8.1 - Portanto, agora já não há condenação para os que estão em Cristo Jesus,

Porque podemos estar diante d’Ele com a face descoberta, pois não estamos mais debaixo de condenação, não há culpa, comtempla-lo é nosso prazer.

f/E se afastar do seu mal caminho…

Uma vida baseada na graça nos faz estar cada dia mais constragidos e separados para Deus ao entender no nosso espirito o que Jesus fez e faz por nós todos os dias.

II Co.5.14 - Pois o amor de Cristo nos constrange, porque estamos convencidos de que um morreu por todos; logo, todos morreram.

Mortos não tem vontade, são conduzidos, entende isso?

Mortos vivemos a vida de Cristo e o pecado não tem lugar em nosso coração.

Rm.6.1,2 – 1/Que diremos então? Continuaremos pecando para que a graça aumente? 2/De maneira nenhuma! Nós, os que morremos para o pecado, como podemos continuar vivendo nele?

Quanto mais conhecemos o Senhor experienciamos um mudança de dentro para fora que nos conduz a uma vida de santidade em amor.

ENFIM:

Para Salomão e seu povo um preço  deveria pago para viverem o favor do Senhor, para nós, o preço já foi pago na cruz, aceite-o, desfrute do favor de Deus na tua vida e seja livre de toda prisão inclusive religiosa.

A verdadeira libertação não consiste em práticas ou regras religiosas, mas em uma vida de entrega a Cristo desfrutando assim de sua graça e amor.

 




Voltar




Tel. : (31) 3354-6794 - 992323907
secretaria.cbbtg@gmail.com



Copyright Grupo Alphanet Hosting @ 2019



  • Facebook
  • Twitter
  • Google +
  • Youtube